Ela é Luz!

Hoje venho fazer reverência à arte.

A poesia é talvez o meio mais sublime de expressão de sentimentos. Contos são cativantes, reportagens interessantes, livros edificantes, mas poucas formas de comunicação são tão eficazes em unir todas estas características como a poesia.


E existe um lugar onde se encontra bastante poesia. Poesia simples, rebuscada, métrica, marginal... poesia. Sentimentos sob a forma de palavras que inspiram.



Me arrisco a dizer que de repente não são poesias, são algo antes, aquelas palavras que quem escreve ouve na cabeça pouco antes de criar e que quase sempre quando as põe no papel esquece um pequeno pedaço ou adapta por ficar "melhor". Estão todas lá sem perda, prontas a inspirar qualquer um que tenha um veio artístico ou simplesmente amor no coração.

Iluminem-se no Brilho da Vida










O Aeronista

"Deus é verdade, e a luz é a sua sombra." (Platão)

1 comentários:

Carla Fabiane disse...

Ao longo de minhas muitas vidas e até este momento, todas as virturdes que tenha alcançado, inclusive o mérito gerado por essa prática, ofereço para o bem-estar dos seres sencientes.

Possam a doença, a fome, guerra e sofrimento diminuir para todos os seres, enquanto sua sabedoria e compaixão aumentam nesta e em vidas futuras.

Possa eu claramente perceber todas as experiências como sendo tão insubstanciais quanto o tecido do sonho durante a noite e imediatamente despertar para perceber a manifestação de sabedoria pura ao surgir de cada fenômeno.

Possa eu rapidamente alcançar iluminação para trabalhar sem cessar pela liberação
de todos os seres.

" Eis o ensinamento de Buda "


cheguei até aqui, e me emocionei!

Ninguém é sozinho
Nem nunca será
O Sol sempre brilha
E sozinho está Em meu peito
sinto a onda que vem Batendo
tão forte Prá mim ou prá quem?
Arrebenta por dentro
Qualquer solidão
Sozinha não estou
E nunca estarei
Me calo e ouço o peito que grita
o peito que ama
a mente que segue
o corpo que sente
Te sinto tão perto
Mas aqui não estás
És tu como o Sol Imponente,
capaz Que mesmo distante
Sei que impedirá
Que venha o triste dia
Em que eu deixe de brilhar.

obrigada por fazer reverência
ao meu coração...
posso chamar o brilho da vida, de
CARLA FABIANE, pois coloco em cada post, meus pensamentos mais puros.
e afirmo sem luz nada sou...
um beijo de amor e gratidão.

 
© 2009 | O HOMEM-SOFÁ | Por Templates para Você